Skip to main content

Chipeira: Porque as operadoras não gostam da Interface Celular?

A concorrência entre as operadoras móveis no Brasil proporcionou uma constante “guerra” de ofertas ao longo do tempo. A TIM por exemplo, foi pioneira em lançar um plano de ligações ilimitadas entre os números dela, e isso revolucionou o mercado,o que fez a mesma a se tornar líder de mercado na época. As outras operadoras não ficaram para trás, e logo criaram ofertas semelhantes. Hoje, boa parte das operadoras oferecem planos de valor fixo incluindo ligações ilimitadas para qualquer destino, prova disso é que a Vivo alcançou a liderança de mercado (conforme site Teleco: http://www.teleco.com.br/mshare.asp ).

 

A Interface Celular

Com essa oferta, várias empresas optaram pela utilização de uma Interface Celular (equipamento popularmente chamada de chipeira). A interface celular é um equipamento onde são conectados chips GSM (chips comuns de celular) das operadoras móveis, e neste equipamento é possível conectar centrais telefônicas (Pabx), permitindo que o funcionários de uma empresa liguem do seu ramal para outros números utilizando estes chips comuns de celular, sem perceber que a ligação está sendo efetuada de um chip.

 

Porque elas  não gostam da Chipeira?

Boa parte das operadoras informam em contrato que se identificarem o uso de chipeira, o plano contratado poderá ser alterado, e até existe o risco de bloqueio dos chips do equipamento. Isso acontece porque a lucratividade das operadoras está na taxa de conexão (Quando uma operadora X liga para outra Y, ela paga uma taxa para esta outra operadora Y). Basicamente, o ganho da operadora está em receber ligações de suas concorrentes, além é claro das mensalidades. Levando em conta que a chipeira só efetua ligações isso acaba se tornando um prejuízo para a operadora.

Outro fator que faz as operadoras não gostarem de chipeiras é a ocupação das antenas: cada região possui sua antena (Erb) e sua capacidade de volume de ligações é limitada. Se sua empresa instala um equipamento que efetua várias ligações ao mesmo tempo, a ERB pode ficar congestionada. Porém, hoje em dia isso é raro de acontecer, pois a capacidade de expansão das operadoras é muito alta.

 

Clientes que optam pela solução da DG possuem um recurso que permite o recebimento de ligações dos chips da chipeira! Isso porque quando é efetuado uma ligação pela chipeira, para o destino aparece um dos chips da chipeira, e se seu contato retornar a ligação, a DG possui um robô (Bot) que identifica qual foi o chip que ligou para o número. Então, a ligação é entregue para o ramal específico de quem ligou! Então se os chips recebem ligações as chances de bloqueio são menores!

 

Já retornou uma ligação e a telefonista disse que não sabia quem te ligou? certamente essa empresa não é um cliente DG!

DG Solutions

A DG oferece soluções de gestão em atendimentos. Somamos mais de 10 anos de experiência na área de BPO e Telecom. Atualmente, nosso for business é em Telecom e soluções Omnichannel. Quer saber mais? Acesse: dgsolutions.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *