Operadoras

Chipeira: Por que as operadoras não gostam da Interface Celular?

A concorrência entre as operadoras móveis no Brasil proporcionou uma constante “guerra” de ofertas ao longo do tempo. A TIM por exemplo, foi pioneira em lançar um plano de ligações ilimitadas entre os números dela. E isso revolucionou o mercado, o que fez a mesma a se tornar líder de mercado na época. As outras operadoras não ficaram para trás, e logo criaram ofertas semelhantes. Com isso, nesse conteúdo você vai entender por que as operadoras não gostam de chipeira.

Hoje, boa parte das operadoras oferecem planos de valor fixo incluindo ligações ilimitadas para qualquer destino. A prova disso é que a Vivo alcançou a liderança de mercado em 2019.

A Interface Celular

Com essa oferta, várias empresas optaram pela utilização de uma Interface Celular (equipamento popularmente chamado de chipeira).

A interface celular é um equipamento no qual são conectados chips GSM (chips comuns de celular) das operadoras móveis. E neste equipamento, é possível conectar centrais telefônicas (Pabx), permitindo que o funcionários de uma empresa liguem do seu ramal para outros números utilizando estes chips comuns de celular.

Isso tudo sem perceber que a ligação está sendo efetuada de um chip.

Porque elas não gostam da Chipeira?

Boa parte das operadoras informam em contrato que se identificarem o uso de chipeira. O plano contratado poderá ser alterado, e até existe o risco de bloqueio dos chips do equipamento.

Isso acontece porque a lucratividade das operadoras está na taxa de conexão. Ou seja, quando uma operadora X liga para outra Y, ela paga uma taxa para esta outra operadora.

Basicamente, o ganho da operadora está em receber ligações de suas concorrentes, além, é claro, das mensalidades.

Levando em conta que a chipeira só efetua ligações, isso acaba se tornando um prejuízo para a operadora.

Outro fator que faz as operadoras não gostarem de chipeiras é a ocupação das antenas. Cada região possui sua antena e sua capacidade de volume de ligações tem um limite.

Se sua empresa instala um equipamento que efetua várias ligações ao mesmo tempo, a antena pode ficar congestionada.

Porém, hoje em dia, isso é raro de acontecer. Pois a capacidade de expansão das operadoras é muito alta.

Opte por uma opção que te dê liberdade no uso de chipeiras

Clientes que optam pela solução da DG possuem um recurso que permite o recebimento de ligações dos chips da chipeira.

Isso porque, quando é efetuada uma ligação pela chipeira para o destino, aparece um dos chips dela. E se seu contato retornar a ligação, a DG possui um robô (Bot) que identifica qual foi o chip que ligou para o número.

Então, a ligação é entregue para o ramal específico de quem ligou. Ou seja, se os chips recebem ligações, as chances de bloqueio são menores!

Já retornou uma ligação e a telefonista disse que não sabia quem te ligou? certamente essa empresa não é um cliente DG! Fale com um de nossos especialistas e tenha liberdade para impulsionar seus resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *